saúde dos pés

Manter uma boa higiene é essencial para uma vida mais saudável. Por serem uma das partes mais requeridas do nosso corpo, os pés devem ser incluídos nessa rotina.

Se o cuidado com os pés é esquecido ou deixado de lado, alguns problemas podem aparecer – desde chulé até os mais sérios, como frieiras e micoses. Muitas pessoas pensam que lavar os pés durante o banho é suficiente, mas existem diversas medidas simples e corriqueiras que fazem toda a diferença para a higiene dos pés, veja a seguir.


Cuidado com os pés: como manter a boa saúde dos pés

Além de ser uma necessidade básica, saber como deve ser a higiene dos pés ajuda a mantê-los livres de vários incômodos - desde mau odor (chulé) até desenvolvimento de fungos. Para contribuir com a higiene dos pés é possível adotar práticas simples no dia a dia:

  1. Mantenha os pés limpos e secos. Fungos e bactérias causadores de problemas gostam de umidade - ou seja, pés úmidos são o habitat perfeito para a proliferação desses micro-organismos. A melhor forma de como limpar os pés é lavá-los diariamente, usando água e sabão antibacteriano no banho. Secá-los antes de calçar as meias ou o calçado é essencial para evitar problemas.
  2. Esfoliar também faz bem. Se preferir, faça o uso de esponjas esfoliantes, que ajudam a retirar o excesso de pele morta dos pés.
  3. Mantenha os pés secos durante o dia. Evite a umidade nos pés e, consequentemente, o surgimento de bactérias, optando por um desodorante para os pés. A nova linha Rexona PésAbrir em uma nova janela ajuda a prevenir a transpiração excessiva, mantendo os pés secos e protegidos por até 48 horas, com tripla ação contra o chulé.
  4. Dê preferência a calçados que facilitam a entrada de ar. Sapatos muito fechados não facilitam a transpiração dos pés. Para quem sofre de hiperidrose ou tem facilidade para transpirar, o recomendado é utilizar sapatos abertos ou de materiais específicos que permitem a circulação do ar. Quer saber mais sobre hiperidrose? Leia este artigoAbrir em uma nova janela!
  5. Corte as unhas dos pés. Manter as unhas cortadas faz parte da boa higienização dos pés. O acúmulo de sujeira pode promover o aparecimento de infecções ou inflamações - como unhas encravadas. Na hora de cortar as unhas, procure não cortar os cantos, já que isso pode facilitar o encravamento. E, lembre-se: sempre esterilize as suas ferramentas de pedicure e nunca compartilhe utensílios que não foram previamente esterilizados.
  6. Lembre-se de retirar o esmalte das unhas. Isso contribui para a boa saúde dos pés, já que as unhas respirarem entre uma aplicação e outra.
  7. Mantenha os sapatos e as meias limpas. Calce somente meias e sapatos que estejam limpos e secos. Uma boa estratégia de higiene com os pés é alternar os pares durante os dias. Assim, os calçados podem arejar entre um intervalo e outro, prevenindo a umidade e o mau odor.
  8. Escolha meias adequadas. Nosso corpo possui milhares de glândulas sudoríparas, dentre elas, boa parte estão localizadas nos pés. Por isso é tão comum sofrer de excesso de transpiração nessa área. Para ajudar no controle da umidade e manter a boa higiene com os pés, prefira as meias feitas de algodão ou fibras mais permeáveis.

Agora que você já sabe como deve ser a higiene dos pés é importante adotar uma rotina de cuidados e precauções para manter a saúde dos pés em dia, garantindo mais conforto e bem-estar. Se o odor e o incômodo forem muito grandes, procure um profissional de saúde para esclarecer todas as dúvidas e por orientação de como proceder. Leia aquiAbrir em uma nova janela

também algumas dicas de como driblar o mau cheiro nos pés.