Skip to content
Suor na terceira idade: por que aumenta e como controlar?

Suor na terceira idade: por que aumenta e como controlar?

A menopausa é uma etapa da vida feminina em que a mulher deixa de menstruar e passa a sentir uma série de efeitos da queda na produção de hormônios sexuais, como o estrogênio. No homem, acontece algo parecido: a andropausa é marcada pela oscilação hormonal, principalmente a redução da testosterona, mas não é tão frequente quanto a menopausa.

Em ambos, esse processo pode gerar aumento da sudorese por volta dos 40 e 55 anos de idade.

A médica Sara Bragança, pós-graduada em dermatologia, explica que isso ocorre por conta de alterações no hipotálamo, uma estrutura cerebral intimamente relacionada ao controle da temperatura corporal e afetada por hormônios sexuais.

Em consequência, surge não só o suor, mas também as ondas de calor que deixam a pele do tórax, pescoço e rosto avermelhada.

Em consequência, surge não só o suor, mas também as ondas de calor que deixam a pele do tórax, pescoço e rosto avermelhada.

Como controlar suor na menopausa e andropausa?

As ondas de calor e demais sintomas que acompanham menopausa e andropausa podem ser minimizados com a reposição hormonal.

A terapia que reequilibra os níveis de hormônios sexuais também pode ser feito em homens, que terão as taxas de testosterona restabelecidas.

No dia a dia, quando surgir a onda de calor, a médica aconselha o paciente a beber algo refrescante e a molhar os pulsos, a nuca e a testa com água fresca. Essas regiões têm maior circulação sanguínea e podem ajudar a regular a temperatura corporal.

Vale ainda borrifar água no rosto, evitar comidas picantes e bebidas alcoólicas, usar roupas bem arejadas, manter uma boa hidratação e manter o quarto fresco na hora de dormir.

Mais Rexona