Skip to content
suor após comer

Suor após refeições: como amenizar o problema

A hora da refeição é um momento importante e prazeroso do nosso dia a dia, mas muitas pessoas acabam enfrentando um verdadeiro desconforto quando se sentem transpirar após comer. 

Mas por que isso acontece? Detalhamos a seguir as principais fontes do suor frio após refeições e como amenizar esse problema.

O que causa o suor após comer e beber?

De modo geral, existem duas principais razões por trás do suor após refeições. Uma está relacionada aos tipos de alimentos ingeridos, já outra tem origem somática. Ou seja, é causada por uma disfunção no organismo da pessoa que costuma experienciar essa situação regularmente e ao ingerir qualquer tipo de alimento.

●      Mal funcionamento das glândulas salivares

Algumas pessoas produzem mais suor durante refeições do que outras, e este problema pode estar ligado a um mau funcionamento na produção de saliva. 

A chamada síndrome de Frey, também conhecida como síndrome auriculotemporal ou de Baillarger, se caracteriza pelo dano nos nervos conectados às glândulas parótidas - seja por lesão, cirurgia, remoção ou defeito congênito-, as quais são encarregadas da secreção de saliva na boca.

Nestes casos, os nervos responsáveis por estimular a produção dessa secreção se confundem com os nervos das glândulas sudoríparas, o que acarreta uma resposta errônea do organismo, que acaba produzindo suor ao invés de saliva.

Essa reação geralmente ocorre em apenas um lado da boca e não é causada por nenhum tipo de alimento em específico, mas pode ser ressaltada por aqueles que normalmente estimulam uma maior secreção de saliva, como frutas cítricas.

Em casos raros, transpirar depois de comer e beber pode estar relacionado a diabetes mellitus. Se você tem notado que transpira excessivamente nessas situações ou até mesmo sente suor frio após refeições, não deixe de visitar seu médico para investigar a origem do problema.

●      Alimentos e bebidas que promovem suor após refeições

O chamado suor gustatório é geralmente caracterizado pela transpiração na área da face, cabeça e pescoço. Ao contrário do anterior gerado por um distúrbio, o suor após comer é estimulado por fatores externos. 

Ele ocorre durante ou após as refeições devido à ingestão de bebidas e comidas muito quentes, picantes ou que elevam em demasia a temperatura do corpo. Tanto o álcool como estes alimentos, estimulam os vasos sanguíneos da pele e aumentam a sua temperatura interna, ativando o mecanismo de resfriamento do corpo. 

O organismo também trata o álcool como uma toxina, por isso ele trabalha mais para se livrar da substância através do fígado, da urina e do suor. A cafeína, por sua vez, estimula as glândulas sudoríparas, fazendo o corpo suar mais. 

Já os chamados alimentos termogênicos como o chá verde, alho, e cebola aceleram o metabolismo e aumentam a produção de hormônios, entre eles a adrenalina, o que também acaba por resultar no aumento da transpiração.

Alimentos que contribuem para o mau cheiro do suor após comer

Há alimentos que podem alterar também o odor do suor após refeições. Vale lembrar que a transpiração propriamente dita não tem cheiro, mas a ingestão de certos alimentos pode resultar em odores desagradáveis. 

As carnes, por exemplo, aumentam a quantidade de amônia no organismo, interferindo no cheiro do suor. O consumo excessivo de álcool e produtos lácteos também pode fazer o suor cheirar mal.

Outros exemplos que contribuem para o famoso “cecê” são os ingredientes que contêm enxofre, o caso do alho, cebola e curry. 

Como não transpirar depois de comer

Para lidar com esse desconforto, especialmente durante ocasiões sociais, como um almoço de família ou um jantar de negócios, existem algumas medidas que podem ser tomadas para atenuar o suor após refeições.

  • Evite alimentos que desencadeiam um aumento na transpiração, como comidas muito quentes, picantes, condimentadas ou termogênicas. 
  • Reduza o consumo de álcool.
  • Mantenha-se hidratado em todos os momentos - especialmente durante e após o consumo de bebidas alcoólicas.
  • Ainda é sempre importante lembrar que o uso de antitranspirantes é mais recomendado que o de desodorantes, já que eles agem impedindo o aparecimento do suor, como por exemplo Rexona Clinical

Se você presencia suor em excesso durante ou após refeições frequentemente, visite seu médico para investigar a origem do problema. 


Mais Rexona