Skip to content
hábitos que causam odor nas axilas

O que causa mau cheiro nas axilas: 5 hábitos para evitar

Muitas vezes suor excessivo junto com o mau odor estão diretamente associados à falta de higiene, mas só isso não é o que causa o mau odor nas axilas. Existem diversos hábitos que às vezes passam despercebidos que podem influenciar diretamente o odor corporal. 

Neste artigo, vamos listar alguns dos hábitos que podem contribuir para o aumento do cheiro desagradável nas axilas – e como é possível evitar tais hábitos de forma prática. 

1. Consumir bebidas alcóolicas e tabaco

Além dos alimentos, algumas substânciastambém influenciam diretamente no nosso odor corporal, principalmente quando consumidas em excesso. Consumir regularmente bebidas alcoólicas e tabaco são dois desses hábitos que podem ser considerados como vilões para aqueles que tendem a sofrer com o mau odor nas axilas. 

O álcool vai diretamente para a corrente sanguínea e o nosso organismo usa a transpiração como um recurso para eliminar de vez essa substância,o que causa mau cheiro nas axilascomo consequência. A nicotina dos cigarros também aumenta os níveis de transpiração - e como já vimos, quanto mais suor, mais combustível haverá para as bactérias causadoras do mau odor.

2. Usar alguns tipos de tecidos

Roupas apertadas podem contribuir para o aumento da umidade na área das axilas, criando um ambiente propício para o surgimento de bactérias,o que causa o cc nas axilas. Por isso, é aconselhado manter a área das axilas sempre bem ventilada. 

Alguns tecidos, principalmente os sintéticos e impermeáveis não absorvem o suor durante o processo de transpiração, o que contribui significativamente para o suor e o odor na região das axilas. Dê preferência para tecidos leves e naturais como o algodão, que colaboram para a transpiração e evitam o surgimento do cecê.
 

3. Usar antitranspirante da forma errada

Às vezes, o que causa mau cheiro nas axilasé o uso impróprio do desodorante ou antitranspirante. Um erro muito comum é passar desodorante com as axilas ainda molhadas do banho, o que atrapalha a absorção pela pele e o produto não age de forma eficaz. 

Sempre aplique seu desodorante ou antitranspirante nas axilas secas. Se você usa roll-on, passe o antitranspirante para cima e para baixo algumas vezes para distribuir bem o produto. Se for aerossol, tome a distância de 15cm antes de disparar o jato na axila. 

4. Esquecer da higiene pessoal

Se o mau cheiro forte nas axilas tem permanecido por dias, é sinal que as bactérias estão trabalhando no local. É nas axilas que se encontram as glândulas apócrinas, ou seja, as glândulas que secretam o suor com lipídios (gordura), do qual as bactérias se alimentam, o que causa odor forte nas axilas. 

Uma das formas de combater esse problema, e manter o cecê longe, é mantendo a higiene das axilas sempre em dia. Um conselho é utilizar sabonetes antibacterianos durante o banho, para eliminar os microrganismos que vivem na área das axilas. Para maior eficácia, aplique o sabonete no local e deixe agir por alguns minutos antes de enxaguar. Como complemento, você também pode usar antitranspirantes que eliminam esses microrganismos, como Rexona Antibacteriano Fresh.
 

5. Comer certos tipos de alimentos

Alguns alimentos já são bem conhecidos quando o assunto é odor corporal - a cebola e o alho por exemplo, alteram significativamente o nosso hálito. Mas o que muita gente não sabe é que os alimentos também influenciam diretamente na transpiração. 

Alguns por serem mais condimentados, outros por serem alimentos de alta fermentação ou que aceleram nosso metabolismo, resultando em um aumento da temperatura corporal. De um jeito ou de outro, eles também são as causas do porquê temos mau cheiro nas axilas. Veja aqui, os alimentos que contribuem para o odor nas axilas.