Skip to content
ilustração de pés correndo

Existe diferença entre chulé feminino e masculino?

No que se refere ao mau odor nos pés, será que existe dirença entre chulé feminino e chulé masculino ou isso seria apenas um mito popular? Descubra a seguir e também veja também como acabar e evitar que o mau odor apareça. 

Chulé feminino x chulé masculino: origem do odor

O chulé - como é chamado popularmente a bromidrose plantar - aparece geralmente após o uso prolongado de sapatos fechados ou depois da prática de atividades físicas. 

O mau cheiro é causado por bactérias e fungos que se alimentam do suor e células mortas encontradas nessa região e expelem gases, esses que caracterizam o mau odor. E isso acontece tanto com homens quanto com mulheres. 

Entretanto, a incidência de chulé costuma ser mais alta nos homens. Mas existem alguns motivos pelos quais eles costumam ser mais associados ao mau cheiro, os quais não necessariamente estão ligados à falta de higiene.

Chulé de homem: o que favorece o aparecimento do mau cheiro

Os homens possuem naturalmente uma taxa mais alta de testosterona do que as mulheres, e esse hormônio, em grande quantidade, pode estimular uma maior produção de suor no corpo. A transpiração em abundância facilita a colonização de fungos e bactérias e, logo, o mau cheiro costuma aparecer mais frequentemente.

Outro detalhe que tende a facilitar que o mau cheiro se instale é o uso frequente de sapatos fechados, ainda mais se sempre forem utilizados com meias grossas e feitas de tecidos sintéticos, que não permitem que os pés “respirem”. 

O fato de os homens suarem mais facilmente do que as mulheres não quer dizer necessariamente que eles apresentam um odor mais forte. Os pés masculinos com chulé são tão incômodos quanto os femininos, e em ambos os casos uma atenção especial deve ser dada para que o “simples” mau cheiro não evolua para problemas como as micoses.

Chulé masculino e chulé feminino: como acabar?

O chulé pode aparecer tanto nos homens quanto nas mulheres, ou seja, é um mito dizer que existe uma diferença entre eles. 

Para se livrar desse problema, existem alguns métodos de como tratar chulé feminino e masculino:

  • Lavar bem os pés - dando preferência aos sabonetes neutros ou antissépticos;
  • Prestar atenção se os pés estão bem secos após a higiene, principalmente os espaços entre os dedos, que geralmente armazena mais umidade e é onde os fungos mais costumam se desenvolver;
  • Utilizar meias de algodão e permeáveis;
  • Aplicar antitranspirantes e talcos específicos favorece a manutenção dos pés mais secos. O antitranspirante para pés Rexona EFFICIENT os mantém protegidos e livres da transpiração excessiva por até 48 horas;
  • Limpar bem os calçados e deixá-los ao sol sempre que possível para ajudar a eliminar os agentes causadores do mau cheiro;
  • Nunca utilizar o mesmo calçado por dias seguidos (especialmente os fechados, como os tênis);
  • No caso de quem precisa utilizar sapatos sociais no dia a dia para ir ao trabalho, pode-se dar preferência aos feitos de couro, que facilitam a evaporação do suor.

O característico odor pode aparecer tanto nos homens quanto nas mulheres, tendo em vista que o gênero não é um fator determinante para o surgimento do problema. 

Se o mau cheiro começar a causar incômodo no dia a dia, o ideal é tomar os cuidados necessários para se livrar do problema e evitar seu aparecimento futuro.